Móveis para Decoração em Recife, PE – Loja Madeira Polida

dicas de decoração

Abaixo estão algumas dicas de decoração que a Loja de Móveis Madeira Polida trás para facilitar a sua vida na hora de idealizar o ambiente que deseja criar.

Decorando Apartamentos Pequenos

Hoje queremos trazer ao nosso blog alguns conselhos decorativos sobre como decorar apartamentos pequenos, trazendo algumas pautas que nos ajudem a ganhar uns metros ou ao menos assim pareça ser!!!

O primeiro conselho que acreditamos ser importante para decorar apartamentos pequenos é que as cores claras, tendo o branco como maior aliado, fazem que a iluminação em um ambiente pareça maior, dando una maior sensação de amplitude. Além disso é importante não recarregar o ambiente com móveis altos, muitos quadros nas paredes, etc…

Decoração em um canto da sala com uma mesinha tipo pufe.

É melhor deixar uma parede vazia que por uma decoração excessiva para conseguir looks de revistas de decoração.

Outro ponto importante é procurar móveis funcionais e que tenham múltiplos usos, que nos possam servir como mesa de centro e como assento, o para armazenar objetos; o que uma escada se converta em biblioteca.

Podemos por um pufe como mesa de centro para assim poder ter um espaço adicional em uma reunião com amigos, o por um baú onde podemos guardar objetos.

Mesa extensível moderna.

Uma boa solução é ter na nossa sala de jantar uma mesa extensível.

Também para a decoração da sala de jantar se não queremos ter o incômodo de recolher a mesa cada vez que a utilizamos, podemos por uma mesa de vidro, que tem um menor impacto visual, Faça a prova e verás como parece que a sala cresceu!!!

Sala de jantar com mesa transparente em uma sala com mistura de estilos.

Um aspecto que devemos levar em consideração; utilizar móveis que sejam dobráveis como um sofá cama na sala de estar o mesinhas auxiliares onde possa se comer.

Por último, o ideal seria ter um espaço diáfano que de a sensação de amplitude, com esse conceito, no lugar das paredes que dividiam nossos espaços podemos utilizar objetos como biombos, cortinas, estantes o incluso paredes de vidro.

Estamos convencidos de que te servirá estes conselhos, se você tem alguma ideia brilhante, queremos que nos contem.

Entre todos certamente teremos dicas muito mais interessantes.

Decorando com Espelhos

Os espelhos podem ser grandes aliados na hora de decorar qualquer espaço e se bem utilizados, podem converter um quarto pequeno e escuro em um quarto grande e luminoso. Não obstante, se mal utilizados, os resultados não serão nada agradáveis. Existem algumas regras ou conselhos que podemos seguir? Claro que sim! Te contamos como decorar com espelhos.

Espelhos grandes em espaços pequenos. Não tenha medo na hora de escolher um espelho grande para um salão pequeno: ajudará a criar sensação de amplitude. Você pode até atrever-se a cobrir uma parede completa com um espelho e ver que rapidamente já não terá a sensação de um ambiente fechado.

Reflete e amplia a luz. Os espelhos em frente as janelas o com luminárias penduradas são sempre boas ideias, já que amplificarão a luz que entra do exterior, o que dará mais proporção a luminária. No caso das janelas, ademais, se você tem uma vista bonita, ajudará a trazer essa vida exterior ao interior do seu ambiente.

O que vai refletir? Antes de colocar um espelho esteja seguro de que seja refletido nele algo que te agrade (um bonito quadro, uma janela com árvores, etc…) e não justamente o que você não quer mostrar (uma janela com vistas não privilegiadas, o pior móvel, uma parede sem decoração, etc). Você pode por o espelho neste lugar e modificar o que está diante dele, ou decidir-se por uma parede com melhor vista.

Corredores e escadas. Espelhos horizontais em corredores ajudam a dar uma maior sensação de espaço e tende a deixar uma maior fluidez à passagem de um espaço ao outro. O mesmo acontece com as escadas e outros espaços de transição.

Converte-los em arte. Os mais valentes podem optar por juntar vários espelhos menores em uma única parede, combinando distintos marcos e misturando com quadros.

Nas portas e nos móveis. Se não possui muitas paredes livres para um espelho, as portas dos armários ou outros móveis são também boas superfícies para colocá-los, dando um toque muito especial ao seu lar.

Você já colocou algum espelho como decoração em sua casa? Amaríamos saber onde e como você utilizou! Nos conte suas ideias de decoração com espelhos!

Distribuindo a Sala de Estar

Aconteceu alguma vez, de você tentar arrumar a sala da sua casa e não saber por onde começar?

É de suma importância saber quantos metros exatamente você dispõe. Se você tem um mini piso ou uma mansão, é fundamental que os espaços fluam e que possamos circular de forma simples por estes ambientes.

Antes de começar a ver móveis e estudar as tendências, temos que planejar o seguinte: quais são os espaços utilizados, que forma tem minha sala, onde estão às entradas de luz, etc.

Fim da teoría! Vamos pensar em nossa casa, primeiro, devemos localizar as janelas, diante delas, não devemos por nenhum objeto que seja empecilho para a luz, para que desta forma possamos encher de luz nossa casa.

Lembre-se, quanto mais luz, maior será a sensação de amplitude.

Agora vem o segundo passo, ver que forma tem nossa sala, geralmente não damos muita importância, mas define qual será a forma que nos moveremos pelo ambiente.

Vejamos vários casos: se sua sala é de forma retangular, inferior a uns 3 ou 4 metros, a distribuição da sala tem que ser de forma linear, ou seja, encoste os móveis na parede para que nos sobre um corredor amplo lateral para melhor circulação.

Distribuição de uma sala retangular.

Se sua sala tem uma forma quadrada, desenhe uma linha imaginária que una as esquinas do ambiente, essa é a guia sobre a qual iremos decorar e que melhor aproveitará o espaço.

Dentro desse espaço, a peça principal é o sofá. Por ele, nós vamos marcar a distribuição do resto dos objetos, assim como as tonalidades e cores.

Distribuição de salas quadradas, que tem por sua vez estas possibilidades:

Disposição em U: Nela teremos diferentes opções dependendo do espaço que tenhamos e do nosso gosto. Podem ser 2 sofás ou 1 sofá e varias poltronas, poderiam ser 3 sofás – se tens a sorte de ter uma sala ampla – e por último 2 filas de poltronas cara a cara e 1 sofá.

Disposição frente a frente: É menos usual e consiste em por 2 sofás frente a frente ou 1 sofá e 2 poltronas. O bom desta distribuição é que ampliamos os espaços, mas ao mesmo tempo, perdemos em números de assentos.

Distribuição de salões retangulares:

Forma de L: Talvez seja a mais conhecida, onde tentamos dispor tudo o que temos em nosso apartamento. Consiste em ter 1 sofá e 2 poltronas em um dos lados, e se tiver espaço suficiente, podem ser 2 sofás.

Outro aspecto muito interessante seria criar pontos estratégicos para que distribua seus espaços, mas falaremos disso mais adiante. Hoje deixamos estas orientações para que você possa começar a estudar sua sala e ver de que forma pode dar um novo look prático e que defina sua personalidade.

Criando um Dormitório Relaxante

O sono é talvez um dos maiores prejudicados pela vida acelerada que levamos hoje em dia. O estresse e a sensação de ter pouco tempo para nossas tarefas fazem que nosso cérebro esteja sempre trabalhando a grande velocidade, uma inércia que muitas vezes nos custa frear na hora de deitarmos na cama. Mas e se nosso dormitório nos ajudasse a relaxar, desconectar e descansar?

Tendemos a crer que com ter uma cama e apagar a luz já temos tudo que é necessário para uma boa noite de sono, mas nem sempre é assim. Como organizamos e decoramos nosso dormitório influi na qualidade do descanso e do sono, mas existem boas notícias: É muito fácil solucionar esta questão! Vamos contar como criar um dormitório verdadeiramente relaxante:

Invista em uma boa cama. Sabe aquela sensação de chegar em uma cama de um bom hotel e deitar nela, dá sono e uma sensação de bem estar? Por que não conseguí-la em casa? Ter um bom colchão, lençóis macios de fibras naturais que sejam suaves e frescos. Complete com algumas almofadas e travesseiros de seu gosto.

Ordem e minimalismo. A ideia é que ao entrar no quarto você instantaneamente se sinta relaxado, que seja uma espécie de santuário dedicado ao descanso e ao sono, algo que não acontecerá se você tem seu quarto cheio de coisas, como roupas jogadas por todos os lados e se reina a desordem e o caos. Faça uma limpeza profunda e desfaça de tudo o que já não necessita, além de assegurar que tudo tenha seu lugar no armário ou cômoda.

Iluminação. Não cometa o erro de ter apenas uma luz geral no quarto. Para ter um bom descanso é necessário que a luz seja algo mais tênue antes de ir dormir, por tanto ter um abajur ao lado da cama ou outros pontos de luz ajudarão seu corpo a entender que se aproxima a hora de dormir. Uma luz geral, pelo contrário, te manterá alerta como se ainda fosse 3 da tarde.

Tecnologia fora. Nos acostumamos a usar o telefone celular como despertador, mas tê-lo sempre ao lado na mesa de cabeceira não é a melhor ideia: Existem muitos estudos que dizem que estar atento a uma tela de televisão, celular, tablet, etc.. Uma hora antes irmos a cama pode tornar mais difícil a missão de relaxar e dormir. O mesmo passa com as pequenas luzinhas de stand-by que cremos que não nos incomodam: afetam na qualidade do sono. Agora que você já sabe, deixe toda a tecnologia do lado de fora da porta.

Não trabalhe no quarto. Este é outro princípio: O dormitório deveria ser um lugar exclusivo para seu relaxamento, que não relacione com outras atividades como, especialmente, o trabalho. Inclusive se você vive em um estúdio, tente fazer com que a zona da cama fique de certo modo reservada ou separada do resto (você pode usar, por exemplo, umas cortinas ou estantes).